loading...

Guia financeiro para casais

Como lidar com as finanças em casal? É melhor ter uma conta conjunta ou contas separadas? Quais despesas devem ser divididas?

Despesas divididas


Quais despesas devem ser divididas entre o casal? Bem, essa pergunta tem algumas variáveis, pode depender da renda de cada um e do acordo de cada casal. De qualquer forma, o mais justo seria dividir as despesas que os dois fazem juntos.

 

Ou seja, se moram juntos, por exemplo, ambos consomem juntos a água, a energia, o aluguel e/ou condomínio, etc. Então, seria interessante que ambos arcassem juntos com essas despesas.

 

Em outro caso, se vão juntos a um restaurante, a um bar ou ao cinema, o mais democrático também seria dividir as contas em partes iguais.

 

Agora, é verdade que nem sempre as rendas dos cônjuges são equivalentes. E pode haver acordos, como um paga a água e o outro a luz, ou um paga o restaurante e o outro o cinema, etc. O importante é não deixar de conversar sobre o assunto, para não deixar questões pendentes nem nada subentendido e para que nenhum dos dois se sinta prejudicado.

 

 

 

Conta conjunta ou contas separadas?

 
Outra questão que pode variar segundo o entendimento de cada casal, mas que deve ser conversada, levando em conta os prós e contras de cada escolha. Basicamente, há três opções:


ter apenas uma conta conjunta em nome dos dois;

ter duas contas físicas separadas;

ter uma conta conjunta e mais duas contas pessoais.

 

Para os casais que moram juntos, criar uma conta conjunta pode ser interessante para concentrar as despesas comuns (aluguel, água, luz, etc.) e para constituir reservas (de emergência e para sonhos do casal).

 

Por outro lado, mesmo em um casal, sempre haverá gastos individuais, seja um almoço no trabalho, uma roupa, um presente, etc. Portanto, manter contas pessoais independentes também tem suas vantagens.

 

Para quem decide manter as contas pessoais e adotar mais uma conta conjunta, é válido considerar alternativas mais vantajosas, como as contas em cooperativas.

 

Para quem prefere ter apenas a conta conjunta, uma solução interessante para os gastos individuais é combinar uma mesada do casal, um valor fixo para os gastos pessoais de cada um, estabelecido de acordo com o planejamento financeiro do casal.

 

Com o planejamento financeiro para casal bem definido, transparência e diálogo, muitos problemas poderão ser evitados – principalmente os relacionados ao dinheiro. Aproveite essas dicas e tenha mais sincronia e sucesso no seu casamento. 

 

 Adaptado do Blog "O Seu Dinheiro Vale Mais"

 

São Bernardo do Campo/SP

 

Rua dos Feltrins, 1401 - Demarchi

CEP 09820-280 - Tel.: (11) 3883-4252

De segunda a sexta, das 8h30 às 17h30

 

Av. Maria Servidei Demarchi, 1770 - Demarchi

CEP 09820-000 - Tel.: (11) 4396-8842

De segunda a sexta, das 8h30 às 17h30

 

São José dos Campos/SP

 

Rua Ernesto Júlio Nazareth, 191 - Vila Ester

CEP 12221-770 - Tel.: (12) 3902-6221

De segunda a sexta, das 8h30 às 17h30

Ouvidoria

  

Reclamações, elogios e sugestões pelo telefone 0800 725 0996

De segunda a sexta, das 8h00 às 20h00

www.ouvidoriasicoob.com.br

 

Deficientes auditivos ou de fala

Tel.: 0800 940 0458

 

Canal de Comunicação de Indícios de Ilicitude

 

Faça o download do regulamento